Imagem de Capa do Post

Ultimamente tenho visto muitos casais buscando simplicidade em seus casamentos, e a simplicidade que eles buscam não se trata de “querer o menor preço”, mas de opções simples, elegantes e de bom gosto. Esse tipo de noivos não estão buscando por decorações extravagantes ou vestidos de noivas arrasadores, mas por singelos toques de classe que não exijam montes de dinheiro: querem apenas saber como organizar um casamento simples!

E é possível alcançar isso, desde que com bastante planejamento, com antecedência e também envolvendo certo esforço dos noivos, já que os fornecedores nem sempre nos oferecem o “mais simples” sem que busquemos à fundo. Além de maneiras de ganhar tempo no planejamento do evento, a gente listou formas sobre como organizar um casamento simples e barato. Uma boa leitura!

Atenção! Leia antes de continuar…

Se você acredita que organizar um casamento simples é algo simples, está enganada (a não ser que seja um evento bem íntimo). Mesmo que o evento tenha 80, 100 ou mesmo 300 convidados, alguns dos passos da organização do casamento não se alteram.

Casamento simples vs Casamento “glamuroso”

Pensa comigo, mesmo em algo mais simples você ainda vai ter que reservar um local, convidar e confirmar a presença das pessoas, servir algo para os convidados, locar um som, organizar os documentos do casamento civil… enfim, mesmo simples, o casamento vai dar trabalho e demandar tempo.

Tempo é dinheiro (e vice-versa)

Nos próximos parágrafos vamos dar algumas dicas DIY (do it yourself, inglês para faça você mesmo). O que quero salientar aqui é que nem sempre o DIY vale a pena.

Pode ser que você acabe tendo muito mais trabalho e acabe se estressando com algo que seria prazeroso. Então, além de criar o orçamento do casamento de maneira rápida, é sempre bom avaliar o custo-benefício antes de começar a fazer coisas por conta própria, pois você estará economizando dinheiro, mas investindo o seu tempo. Feitas as ressalvas (desculpe eu ser chato, é pelo seu bem!), vamos para as dicas preciosas sobre como organizar um casamento simples. 😀

Principais dicas: como organizar um casamento simples

O início da organização de um casamento simples e elegante segue a dos casamentos mais completos: começa pela listagem de todas as ideias de como os noivos imaginam o evento deles. A gente sempre aconselha colocar isso no papel (ou na planilha, para sermos mais ecológicos :P), até chegarem em um consenso.

Planejando com criatividade

Como organizar um casamento simples e barato com criatividade.

As diferenças começam aqui, pois ainda no briefing (que é justamente esse resumo de como queremos o casamento) já começamos a cortar as “extravagâncias” e outras ideias que não sejam essenciais tanto para o evento quanto para os noivos. Veja alguns exemplos:

  1. Podemos cortar da lista o “touro-mecânico” que o noivo sempre sonhou em ter na sua festa (que tal numa próxima?);
  2. A limousine que a noiva sempre sonhou, pode ser substituída por um aluguel de carro antigo e elegante… e muito mais barato, que tal?
  3. Na confirmação de presença, os convidados não poderão incluir parentes que não foram chamados, para que você consiga organizar a lista de convidados completa e o número de convidados não “extrapole” o esperado. Justo, não é?

É o que a gente chama de pensamento visual: com tudo listado e visível para todos, os próprios noivos e quem estiver auxiliando tem ideias de como organizar um casamento simples ao sugerir opções criativas e simples para coisas tradicionais do casamento.

Faça tudo com antecedência

Eu acho que essa dica é a mais importante desse artigo, pois com mais tempo você ganha em vários aspectos:

  • Pode pensar em cada detalhe e planejar com tranquilidade;
  • Consegue pesquisar mais opções para o casamento;
  • Obtém um maior número de orçamentos de fornecedores diferentes, e;
  • A margem é maior para negociar com fornecedores.

Os fornecedores que trabalham com a gente afirmam que, quando fecham contratos mais distantes, conseguem parcelar e até diminuir o valor do contrato, e têm mais tempo para se organizar para o casamento. É ganho para os dois lados. 😉

Organização vs Dores de cabeça

Sabe o que eu falei de colocar a ideia do evento “no papel” para ficar claro pra todo mundo? Isso também vale durante a contratação dos fornecedores e controle dos custos do evento. Entender como organizar um casamento simples também significa organizar um casamento sem dores de cabeça, e a nossa memória é falha. Porém, os noivos podem se organizar de várias formas:

  • sejam as planilhas;
  • ferramentas para a organização de casamentos, ou;
  • até mesmo contratando um cerimonialista de casamento (que pode valer a pena).

Seja qual for a forma que você vai escolher para se organizar, tenha em mente que a organização do casamento completo se divide principalmente na checklist (lista de tarefas e datas), a lista de convidados e a planilha de orçamento (com fornecedores e custos). Com esses três controles, você já sabe como organizar um casamento simples, seja sozinha ou contratando terceiros.

Opção 1: Faça você mesmo

Como organizar um casamento simples fazendo você mesma.

Se você quer partir para a confecção e elaborar por conta própria algumas partes do seu casamento, pode se considerar parte do movimento DIY (do it yourself, ou faça você mesmo).

Coisas que você mesma pode fazer

Muitos dos fornecedores do casamento podem ser substituídos por coisas feitas em casa:

  • Comida (buffet), bolo e docinhos;
    • Por se tratar do item mais caro da festa, os orçamentos podem ser muito “salgados”, então uma opção é você mesma servir algo simples e gostoso para seus convidados, como um filé mignon ao molho madeira e algumas massas. O bolo e os docinhos também podem ser feitos em casa, e saírem deliciosamente gostosos e baratos.
  • Decoração;
    • A decoração também pode ser algo simples e que não faça você perder muito tempo, foque nos arranjos e centros de mesa, e uma boa decoração na mesa do bolo. As flores, por exemplo, podem ser escolhidas de acordo com a estação e buscadas na Ceasa da sua região, gerando ainda mais economia.
  • Vestido de noiva;
    • Para economizar, você tem a opção de pedir o vestido direto da china, mas, se estiver disposta a escolher algo menos tradicional, é possível pensar em confeccionar, aqui mesmo um vestido mais solto ou até um curto e descontraído.
  • Convites e lembrancinhas;
    • Estes são os itens que as noivas mais fazem por conta própria… e não tem segredo, é buscar por um modelo de convite (e de lembrancinhas) simples e elegante e botar a mão na massa.

Envolver familiares e amigos

Como organizar um casamento simples com ajuda dos familiares

Com certeza você tem alguém na família ou uma amiga com habilidades para te ajudar. É hora de pegar o telefone e chamar por esses ajudantes, que vão estar participando ativamente do seu grande dia, te ajudando com a decoração, o vestido de noiva, emprestando joias ou se comprometendo a dar uma mão no jantar e à fazer os docinhos. Além de tudo, com ajuda você ganha tempo para outras partes importantes da organização do casamento.

Opção 2: Contrate bons fornecedores com preços em conta

Existem coisas que é melhor comprar do que se aventurar à fazer por conta própria, não é mesmo? Para essas coisas você pode contratar fornecedores, porém é necessário muita pesquisa e pechincha para fechar bons contratos, não errar na escolha do profissional e criar um orçamento de casamento barato.

Pesquisar, pesquisar e pesquisar

Lembra que eu falei que mesmo os casamentos simples dão trabalho? A busca de um bom fornecedor passa obrigatoriamente por muita pesquisa:

  • pedir referências com amigos, familiares ou o seu cerimonialista;
  • na internet, visualizar os trabalhos dos fornecedores em suas páginas e sites, e;
  • solicitar orçamentos para os que se encaixarem no perfil do seu evento (e quanto maior o número de orçamentos que você conseguir, mais informação você tem para tomar a decisão final).

Ah, lembro você novamente, que quanto antes isso tudo for feito, melhor. E para realmente se decidir por algum deles, sempre comento ser essencial o “olho-no-olho”, que é a empatia e o sentimento de confiança necessários para contratar alguém que irá trabalhar em um grande momento da vida dos noivos.

Conhecer os fornecedores

Em uma visita presencial que sentimos no ar se o profissional é confiável e entregará o que está prometendo. Por isso considero tão importante que sejam feitas essas reuniões com aqueles fornecedores que tiverem se encaixado tanto no perfil quanto no orçamento do casamento. Por fim, se as conversas avançarem, certifique-se de que estará tudo em um contrato bem claro e definido, para não haver problemas posteriores.

Bom gente, demos aqui algumas dicas sobre como organizar um casamento simples e barato a partir da visão que conhecemos: do planejamento e organização, passando pelo “faça você mesmo” e fechando com a contratação de fornecedores bons e com preço em conta. Espero realmente que o artigo tenha sido simples e bom! HAHA Se puder, comenta aí embaixo. 😛

Eu sou o Tainan, da mobilize. Obrigado, e… tchau!